17,18,19 agosto|2018 – Jornada de Danças da Paz Universal em Curitiba

17,18,19 agosto|2018 – Jornada de Danças da Paz Universal em Curitiba
Usa-nos para a meta que a tua luz escolheu, e guia-nos no caminho de tua bondade. Hazrat Inayat Khan
Neste final de semana , vamos mergulhar nas danças judaicas, com toda a sua alegria e êxtase, celebraremos o Shabat à partir da sexta-feira à noite até o final do sábado e no domingo nos dedicaremos a danças de duas outras tradições pouco conhecidas de nós aqui no Brasil , mas que têm danças meditativas belíssimas no repertório das Danças da Paz Universal. Vamos conhecer um pouco dos ensinamentos do Guru Nanak fundador do Sikhismo e os fundamentos do Zoroastrismo.
A Tradição Judaica começa com a criação do mundo. Nos torna conscientes e em profunda reverência e conexão com aquilo que está além da forma. Nos traz a consciência do lugar interior onde o som e as palavras ainda estão por nascer, o lugar de ressonância com o padrão da criação.Nos faz conscientes do ritmo da atividade e do descanso (Shabat). Suas danças são alegres e extasiantes e os cantos ( Nigun) são a conversa íntima da nossa alma com Deus.
O Sikhismo é uma religião monoteísta , fundada no século XV no Punjab ( entre o Paquistão e a Índia) pelo Guru Nanak( 1469 – 1539). É o resultado do sincretismo com elementos do Hinduísmo, Islamismo e Sufismo. A palavra Sikh significa discípulo em sânscrito e é a quinta maior religião do mundo. O guru Nanak nasceu em uma família hindu numa época em que havia grande conflito entre hindus e muçulmanos. O guru Nanak e os 9 homens iluminados que se seguiram a ele, rejeitaram o sistema de castas hindu e pregaram a existência de um só Deus.
O Zoroastrismo, também chamado de Masdeísmo é uma antiga religião persa que consiste na idéia de um dualismo constante, a eterna luta do bem contra o mal. Fundada pelo profeta Zaratustra ( conhecido também como Zoroastro), em meados do século VII a.C, após este ter supostamente presenciado a figura de um “Ser de Luz”, que se apresentou como Ahura Mazda ( o equivalente à Deus, para os cristãos). No Avesta , o livro sagrado do Zoroastrismo , o Livro dos Gathas é considerado um dos mais importantes , pois contém 17 cânticos sagrados compostos pelo próprio Zoroastro.
As Danças da Paz Universal foram criadas pelo mestre
sufi Samuel Lewis, fundador da Ordem Sufi Ruhaniat Society.
Lewis começou nos anos 60/70 a criar as danças como um método dinâmico para promover a «Paz através das Artes», inspirado pelo contato e aprendizado espiritual com seus dois grandes mestres: Pir-o-Murshid Hazrat Inayat khan, que foi o primeiro a trazer a mensagem sufi para o Ocidente em 1910 e Ruth St. Denis, uma das pioneiras da dança moderna na América e Europa.
As Danças da Paz Universal têm desenvolvido e expandido em cada um de nós, um sentimento profundo e reverente a todas as Tradições. O trabalho dos dançarinos da paz, seguindo os passos do Murshid Sam, é fazer, dentro de si mesmos, a união de todas essas diversidades, criando a paz interior através da afirmação da Unidade, nas diferentes línguas humanas.
Temos compartilhado as danças em escolas, favelas, parques públicos, grupos terapêuticos, manifestações pacifistas, prisões, hospícios, casas de reabilitação de dependentes químicos, centros de desenvolvimento do ser, centros holísticos de saúde e em celebrações ecumênicas.
PRE-REQUISITO:
Para participar não há pré-requesito.
Apenas o chamado do coração é suficiente. Mas para ser certificado como Líder de Danças da Paz Universal, há necessidade de cultivar algumas habilidades e elementos de mestria que serão abordados amplamente no nosso primeiro encontro e apenas a mentora é capaz de conferir a certificação. Ou seja, ao final dos três anos, talvez todos estejam prontos para receber certificação, talvez apenas alguns e os demais terão a avaliação necessária para saber o que ainda precisam aprimorar para ser certificado.
Este encontro faz parte do programa de treinamento de Lideres de Danças da Paz Universal, que em cada encontro acolhe pessoas que desejam conhecer, as danças da Paz ou também seguir fazendo parte do treinamento.
Cada participante é responsável pela sua refeição no intervalo de almoço que dura em geral das 13h às 15h.
CONTRIBUIÇAO FINANCEIRA:
Valor de R$ 400,00
Possibilidades de parcelamento em ate 2x (200,00 ate 10/7 e 200,00 10/08. Apos esta data R$ 450,00.
E possivel participar sò na sexta (17.8) com uma contribuição minima de 30,00 .
INSCRIÇÃO NO LINK: https://goo.gl/forms/15ySgQYOlUEEghkZ2
MENTORA
Maria Lalla Cy Aché
Mentora certificada pela International Network of Dances of Universal Peace, é discípula de Anahata Iradah. Fez formação completa de 3 anos com Neil Douglas Klotz, AILP3 – Abwoon Interspiritual Leadership Program capacitandose para liderar as danças que compõe o repertório do Murshid Saadi ( Pai Nosso Aramaico, Ciclo da Grande Mãe, As Beatitudes, Eu sou, Zikrs, Gênesis, entre outras danças da Paz de nível avançado compostas por ele).
Guiada por Murshid Wali Ali Meyer, coordenador da escola esotérica, no caminho sufi da Ruhaniat International. Vêm estudando sob sua orientação:caminhadas meditativas, espirações e Danças e Práticas Originais de Samuel Lewis. Como guia e mureed da Sufi Ruhaniat International está a serviço dos
que querem seguir este caminho sufi de desenvolvimento pessoal.
Compositora e coreógrafa, criadora dos ciclos de Danças Meditativas brasileiras “Danças do Tarô”, “Juremar Yaci Uaruá” e “Mandala Florestal”, dedica-se à criação de um repertório inspirada nos ritmos, na mitologia nativa e na religiosidade brasileira. Autora do livro “Juremar Yaci Uaruá””.
É membro participante do International Dance Council – CID/UNESCO. www.estudiomariaache.com.br
Qualquer dúvida, entre em contato:
vivencias.nhandecy@gmail.com ou 41 9 9927 3534 (tbem Whats)
com Edite ou com Maria Lalla pelo e-mail
estudiomariaache@gmail.com ou marialallache@gmail.com
Habilidades

Postado em

29 de junho de 2018

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*